qua. ago 5th, 2020

Brejo da Paraíba

A sua notícia está aqui!

Areia registra primeira morte por Covid-19 e população cobra da Prefeitura ações de prevenção

2 min read

O município de Areia registrou neste sábado (23) a primeira morte por Covid-19. A vítima foi o areiense, Zezinho Araújo, um conhecido feirante que trabalhava e vivia na cidade e que após vários dias lutando pela vida em um hospital de Campina Grande, veio a óbito.

Além da morte registrada hoje, o município ainda registra 36 casos confirmados de coronavírus e tem 128 pessoas com sintomas da doença que estão em isolamento social e sendo monitoradas até o resultado dos exames.

Porém, de acordo com a população, a Prefeitura está inerte e poucas ações estão sendo realizadas pela gestão do Prefeito João Francisco (PSDB), dentre as quais decretos, sendo um deles autorizando a reabertura do comércio e feira livre há um mês quando não havia nenhum caso na cidade.

Através das redes sociais da própria prefeitura, moradores cobram do Prefeito ações de prevenção, informações sobre serviços, testes, atendimento, além de doações de máscaras e cestas básicas para os mais carentes. E ainda há reclamações que os administradores da página da Prefeitura apagam os comentários negativos contra a gestão.

Nessa semana, a vereadora Ana Paula cobrou transparência da Prefeitura nos investimentos dos recursos para o combate ao coronavírus, tendo em vista que não existe nenhum tipo de ação na cidade.

Segundo informações do SAGRES – a ferramenta do Tribunal de Contas do Estado (TCE-PB) que acompanha os gastos dos municípios – a cidade tem um saldo de quase R$ 7 milhões em caixa, que deveria ser usado no combate a doença, porém quase não existem ações sendo executadas.

A população lamenta a abertura do comércio por determinação do prefeito que contribuiu para fazer com que os casos de covid-19 subisse de 0 para 36, com uma morte, tendo ainda 128 casos suspeitos que estão em isolamento social e sendo monitorados até o resultado dos exames.

fonte Portal do Litoral PB

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *